terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Despontar... part VII


Recordo com especial saudade aquele dia. O pálido sol de Inverno iluminava tudo com um tom desmaiado e o frio rigoroso do interior gelava até aos ossos. Contudo, o meu dia foi quente e as cores nunca me pareceram tão vivas. Logo pela manhã, feriado a uma aula de duas horas. Acercaste-te de mim, meteste-me o teu blusão pelos ombros e perguntaste-me ao ouvido, com uma voz doce, se queria ir tomar uma bebida quente.
.
Surpreendida, anuí com um acenar de cabeça, mas eram tão raros os momentos em que estávamos juntos, a sós, sem ser ao telefone, que me parecia tudo forçado, pouco natural. A conversa não fluía, o silêncio arrastava-se enquanto eu pensava "Porquê, meu Deus? Porque é que lhe está a dar para isto hoje? Não costuma ser querido".
.
Estranhamente, ficaste. Sem conversas, sem gozos, sem discussões - ficaste. Ficámos durante uma hora sentados juntos, lado a lado. Mãos a aquecerem-se nas chávenas escaldadas, fumando pensativamente, vendo as pessoas passarem apressadas, fugindo ao frio.
.
Pensei ver o momento aproximar-se. O momento em que me afastarias o cabelo e que, com a mão no meu pescoço, me dirias o que há tanto ansiava por ouvir.
.
Entretanto, juntaram-se a nós outros colegas que procuravam abrigar-se do frio. Conversavam animadamente entre si. Nós continuámos calados. Não tão juntos.
.
Ao fim de duas horas à espera do momento, tirei o teu blusão dos meus ombros, devolvi-to e disse: "Vou para casa". Esbugalhaste os olhos, atónito, como se te tivesse espetado uma faca e exclamaste: "Não! Fica"! Os olhos embargaram-se-me de lágrimas que podiam bem ser motivadas pelo vento cortante. O nó na garganta alastrou-se a todo o corpo e mal me consegui ouvir a perguntar-te: "Porquê? Porque hei-de ficar?". "Porque sim. Porque to peço", foi a resposta. "Sim... mas porquê?", insisti.
.
(to be continued)
photo: Juliette Binoche; source: google

21 comentários:

Belzebu disse...

Irra que o gajo é assim meio para o totó, não? Então a mocinha ali cheia de frio e com vontade de ouvir algo agradável e o pasmonço...não se sabe desenmerdar?

ehehe!! Até quero ver como isto vai acabar. Ele ainda lhe confessa, que tomou a decisão de ser monge.

eheh!! Aquele abraço infernal!

Amsilva disse...

humm, não sei se esta historia vai ter um final feliz, parece tão real que só me faz pensar que ela fartou-se de estar ali na vida dele como mero objecto de decoração...
aguardo a continuação!!

Cati disse...

Hihihi...
Isto está a aquecer... "me like"!
Just can't wait for more...
Até jáaaaa!!!
Kiss

princesinha urbana disse...

Será o início de um grand amor? Espero bem que sim... Vou voltar para ver a continuação e o desfecho! :)

Joseph disse...

Sofia
Olá

Anda com a história, porque embora esteja quente, aqui está um frio de bater o dente. 2 graus.!!!

Continuas a escrever muito bem.
Mas, que diabo, ele não sabe, não quer, ou o que pretende? Nem com insinuações?

Espero por mais...
É só to be....to be...to be...

Beijocas com carinho (muito).

Professorinha disse...

Ai ai ai... e a resposta... quando quando...

O rapaz é tímido?...

Beijos

Sadeek disse...

Bom dia Sofia,

Tou com o Belzebu....há gajos que não se sabem safar mesmo!!! E vocês depois, com essa vossa mania de generalizar, tomam a parte pelo todo e levam-nos a todos pela mesma medida!!!

Ou então olha, não há volta a dar e quando começam a haver esses silêncios ensurdecedores entre um casal....

Olha, beijos....

o_cao_que_morde disse...

Está a decorrer uma votação para Os melhor Blogs de 2007
No Blog O Cão Que Morde vota e divulga a iniciativa.

Vício disse...

estou desiludido!
afinal a foto foi tirada da net!

tu realmente querias que ele te afastasse o cabelo para te dizer algo? é a primeira vez que ouço alguém dizer que o cabelo prejudica a audição...

Mr X disse...

tantas perguntas, tantas perguntas.

quintarantino disse...

Longa se torna a espera...

htsousa disse...

E agora o que vai ele dizer?!

Quero mais um capítulo, ou então a sinopse!

quintarantino disse...

Magnolia OST... é sim senhor. Obrigado pela visita.

AJO disse...

Bem... isto vai mesmo no bom caminho. Estou como a Cati «Isto está a aquecer»... estou à espera do quente;-)
BJS

Fábio disse...

UM BEIJAO!!!!!
(testando...)
:***

Sofia disse...

Belzebu, monge?! Ainda não tinha pensao nessa opção... vou considerá-la.

amsilva, ainda não a tinha visto como mero objecto decorativo, mas uma nova visão é sempre bem vinda... Bem vistas as coisas, se calhar, não passava mesmo disso.

Cati, my guess is that it's going to heat too much for many people's taste! ;)

Sofia disse...

Princesinha urbana, bemvinda à caixinha. Para melhor compreenderes, é melhor leres os capítulos anteriores. Já falta pouco para o desfecho... não vás muito longe, senão perde-lo!

Joseph, às vezes as histórias andam paradas para criar intensidade dramática! lol

Professorinha, a resposta muito em breve num blogue perto de si... beijinhos grandes

Sofia disse...

sadeek, muitas vezes o silêncio não é mau... é até muito bom. Leva isto como uma resposta ao teu desafio sobre gajos!!! Um gajo que saiba estar calado quando deve, é de ressalvar! :P

Cão que morde, revelou-se um cão que não morde!!! Quando uma pessoa vê um comentário a um post, espera que ele seja de facto sobre o mesmo. Se quiser falar de outras coisas, faça um charme primeiro; diga que escrevo bem, que a história lhe parece interessante e então depois faça a sua publicidade. Assim, a seco, não cai tão bem...

Vício, adoro os teus comentários... são sempre tão... não sei bem... pró-fundos?! lol

Sofia disse...

X, se há perguntas, é porque há dúvidas.

quintarantino, as melhores coisas da vida levam o seu tempo. Quanto à Magnolia OST, ainda bem que concorda comigo: para mim é simplesmente divinal...

Sousa, novo capítulo quase a estrear! It's nice having around...

Sofia disse...

ajo, acho que ainda vai escaldar... lol

Fábio, welcome! Senta aí e fica...

Vício disse...

é um dom natural! :P