quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Is it a trick?

Não! Não é uma notícia digna de dia das mentiras ou partida de Halloween, embora assim pareça!

Agora, há quem queira que, obrigatoriamente, até final de escolaridade obrigatória, embora depois acrescentem 12 anos de idade, o que diz bem do desconhecimento destas pessoas sobre o nosso sistema educativo,  TODOS TRANSITEM... todos passem;

NINGUÉM FIQUE RETIDO... ninguém chumbe.

À finlandesa, percebem? Eles é que a sabem toda! Aposto que o resto também será feito à finlandesa: número de alunos por professor; condições na sala de aula; equipamento à disposição de profs e alunos; número de horas de aula semanais; quadros interactivos com software adequado à idade dos alunos e conteúdos a serem transmitidos, auxiliares de acção educativa com formação a sério, aquecimento/arrefecimento, espaço e mobiliário adequados à disciplina, ordenados à finlandesa e subsídio de desemprego à finlandesa quando e enquanto não somos colocados; pais à finlandesa que incutem nos filhos a vontade de aprender e a disciplina/educação à finlandesa, que estimulam os seus filhos desde o momento que os têm; TUDO, TUDO À FINLANDESA!... Aposto que até vão proporcionarmos a todos (professores e alunos) as conhecidas 2 semanas de férias na neve!!! À maneira!!! Vocês vão ver só a qualidade de vida... toda a gente vai desejar ser professor neste país! ESPECTÁCULO!!!

It isn't a TRICK!!!

It's a TREAT for all children and teenagers under a certain age.

11 comentários:

Vício disse...

pois! o ensino em portugal cada vez está melhor!
é essa do não repetir anos e a outra que diz que as melhores escolas são as privadas... ainda gostava de ver um aluna duma privada fazer um exame numa publica!

Regina disse...

tb eu! (a última frase do vicio) bem se vê pelo ranking das escolas secundárias...uau, só escolas PRIVADAS nos primeiros lugares...porque será? (posso dizer que a escola de Vilar Formoso, onde andava o Esquilo ano passado, do último lugar passou para o nº duzentos e tal...andava tudo numa de não dar negativas e só notas altas...bem se vê porquê)

Enfim...a educação está pela hora da morte e nem me vou alongar mais porque este assunto desperta em mim maus instintos grrrhhhh

beijoca e happy pré halloween :D

Blossom disse...

ups...acabei de me desmascarar...(falta de atenção...ai ai ai)

e isto não tem opção de apagar o comentário... humpft

Marisa disse...

O quê?? Não acho isso nada bem!

.::rOcK_aNgEll::. disse...

uma koixa eu digu e sei...e tda a gente sabe e é geral!:

o nosso ensino está kada vez pior!!!!!

e pontos..tenhu tido!
*****

Sadeek disse...

Pois...não é bom...até porque não sei se as finlandesas são giras ou não...AHAHHA

Estamos entregues à bicharada, é o que é...

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

David XP disse...

Um mal terrível deste país: a EDUCAÇÃO!

Nesse SECTOR englobo tudo: as políticas; os professores; os alunos; os meios...

Podemos discutir as causas, podemos excluir alguns casos do que atrás referi, mas...mau, muito mau globalmente!

Que sina a nossa, falta-nos a base, falta-nos tudo. E faltará sempre tudo pelo andar das coisas!!!!

Bjs

Joseph disse...

Sofia
OLá

Como já sei que as lutas vão continuar, achei o teu post meio irónico, e achei um piadão às notas de matemática deste ano.

É tudo supra-sumos a esta disciplina agora; antigamente ninguém gostava.

Até onde chega a palhaçada. Alguém acredita que a matéria que saiu nos exames era a verdadeira matéria que deveria ter saído?

Beijoka amiga*

Cati disse...

Sabes o que te digo?!?

Fuck'em all... e nós ainda andamos feitas parvas, preocupadas com os miúdos, se sabem ou não as matérias?!?

Há sempre um CEF, um curso EFJ, uma Nova Oportunidade... bora lá passar a malta e deixar de ganhar cabelos brancos à conta deles!!!

Beijo!
(como eu gostaria que TUDO neste país fosse à la Finlandesa... menos o tempo, claro!)

Latrodectus Mactans disse...

Puto 1: Eu fiquei hoje com o 12º!
Puto 2: Foi duro?
Puto 1: Sim tive que me levantar cedo para ir buscar o diploma á secretaria...

É só o que falta mesmo...

Amsilva disse...

no ensino assim como em outras vertentes quem destina (dita as leis ou acordãos ou o raio que os parta)
são pessoas que estão sentados á mesa sem nada que fazer, leia-se mesa e não secretária, porque essas ainda têm trabalho, como não percebem o que se passa no terreno, ou seja, nas próprias escolas metem-se a inventar coisas novas, assim não precisam de lá ir ver como está, porque se tudo correr bem, está como eles planearam...
ainda se admiram por haver grande quantidade de alunos (?) nas universidades que dão grandes erros básicos por exemplo na gramática...
Lamentavelmente é o País onde moramos...

Beijos