domingo, 21 de outubro de 2007

Se não tem pais ricos, vá ao BES; se tem, olhe!, vá ao BCP!

Já há algum tempo que andava a magicar um post sobre o empréstimo a fundo perdido de 12,5 milhões de euros de pai para filho Jardim Gonçalves... Porém, o texto não andava nem perto daquilo que eu pretendia! Até que, esta semana, na Visão, o nosso amigo Ricardo Araújo Pereira escreveu o que eu sempre quis escrever, mas não sabia como... deixo-vos aqui um excerto, esperando que o facto de dizer quem escreveu, onde foi publicado e de não o copiar na íntegra me salve de ser acusada de usurpação de direitos de autor...

"Não percebo muito de publicidade, mas acho que a nova campanha do BCP está óptima. Refiro-me a esta recente promoção em que eles emprestam 12,5 milhões de euros a fundo perdido. Isto é que é cativar clientes. Não há cá conversas sobre spreads, taxas de juro variáveis e indexantes". (...)
"A mensagem deles é: Se nós perdoamos dívidas no valor de 12,5 milhões, imagine o que podemos fazer pelo empréstimo que contraiu para adquirir esse T0 na Rinchoa, seu pelintra! Fique lá com os 50 mil euros e não se fala mais nisso, pá"!
"Numa altura em que tantos portugueses se vêem obrigados a negociar acordos delicados com os bancos, aqui está um cidadão que consegue obter uma solução magnífica sem sequer ter que pedir apoio à DECO. Pode parecer paradoxal, mas os empréstimos mais penosos são os pequeninos. Quem pede um empréstimo enorme, raramente tem dificuldades - especialmente se não estiver a pensar em pagá-lo".
"Se até o filho de Jardim Gonçalves sente dificuldades para pagar as dívidas, que esperança resta a pindéricos como nós? Pela minha parte, não tenho outro remédio senão continuar a pagar as minhas. Mas estou a fazer um esforço muito sério para convencer o meu pai a fundar um banco."

E pronto! Encaro este copianço, como justificado, porque quem não tem pais ricos, tem que pagar os seus empréstimos. Logo, muitos não poderão dar-se ao luxo de comprar revistas que prestam este tipo de serviço público que deveria de ser gratuito... Restou-me a mim, perder a vergonha na cara e fazê-lo à borliu para vós!


Boa semana para todos!

13 comentários:

Cati disse...

LOL
Não há nada como o gamanço... O que é gamar um excerto de um artigo em comparação com gamar 12,5 milhões de euros?

Ah...

Então não foi gamar? Ah...

Foi emprestado?? Ah...

Pois...

Pronto, Sofia, não se fala mais nisso, tu pediste um pouquinho do artigo emprestado... Estás perdoada!

Quanto aos nossos empréstimos olha... é pagar e não bufar!!!
Podíamos convencer os nossos pais a fundar um banco para nos financiar as nossas dispendiosas aventuras!!! Tempo não lhes falta - o capital... olha, pedem no BCP!!!

LINDO!!!
Beijocas!!!

neto disse...

O que mais me chateia nestas histórias é que no nosso pais fala-se , escreve-se , insiste-se nos noticiarios e no fim nunca se passa nada. Os poderosos protegem o seu poder e ponto final , é tipo clube de sueca. Veja-se Casa pia e outras histórias....Nesta do BCP tb vai ficar em águas de bacalhau..è o país que temos...
Bjs

Pedacinhos de uma vida disse...

Olá =)
Ora muito bem visto. lol
Isso foi emprestado ...mas ninguem sabe... xiiiuuu :) AHAHAH

Um beijinho *
catarina

rps disse...

O que um pai não faz por um filho...

redjan disse...

idem idem aspas aspas ao comment do neto !!! nem vale a pena pensar mais... é isto e ... pronto !

PS: podia talvez acrescentar .... náaááá, esqueçam !!

Tia Cremilde disse...

LOLADA... viva o gamanço e a pobreza que se instala 2 dias depois de receber o ordenado!

beijoca. boa semana!

Mary disse...

Olá Sofia, retribuindo sua visita.
Fique a vontade e pegue o que quiser no blog, artigos, fotos, piadas, tudo que gostar.
Bom inicio de semana.
Bjs

The Wolf disse...

Também queria uns "milhoezitos"...

Metamorfose disse...

E nós todos cheios de pena dos ditos, pelos vistos ele vai pagar a dívida do filho, "mas daqui não saio e daqui ninguém me tira..."

Um beijo.

Belzebu disse...

Num país em que meio mundo rouba o outro meio, o que é isso de umas palvritas surripiadas ao RAP? Ele fala e escreve tanto, que nem vai dar pela falta! eheheh!!!

E foram muito bem surripiadas, pois são excelentes! Ele com a sua forma irónica habitual, diz exactamente o que todos pensamos!

Andam a roubar mesmo sob as nossas barbas!

Aquele abraço infernal!

conchita disse...

Os Bancos só facilitam aos ricos, foi sempre assim e será!!
Boa semana :)

Sofia disse...

Cati, isso dos nossos pais pedirem no BCP o capital para fundarem o seu (nosso) próprio banco, é uma excelente ideia... como, como é que não os lembrei disso antes?!

Neto, RedJan e Conchita, infelizmente, é mesmo assim... é o país que temos... mas ainda podemos barafustar!!!

Pedacinhos de uma Vida, obrigada pela visita! É impressão minha ou foi a 1ª vez que a vi por aqui? Espero que volte sempre que quiser!

rps, o amor dos pais pelos filhos não conhece limites... MESMO!!!!

Tia e Belzebu, obrigada pelas visitas... visitas tão importantes deixam-me sempre um pouco emocionada... voltem, please!!! lol

Metamorfoses e The Wolf, sejam muito bem-vindos... espero vê-los por cá mais vezes! Também ando a descobrir os vossos blogues!!!

Beijinhos a todos! ;)

darkman disse...

muita bom, lol. e... é pena...

pedro

ps - a continuação da estória está escrita, mas n posso por tudo duma vez, hehe